A Matriz do Grupo Artecola, em Campo Bom-RS, recebeu na quarta-feira, 02, a certificação ISO 14001, conjunto de normas voltadas para a gestão ambiental.

Para obter o certificado, o projeto foi trabalhado desde o início de 2010, com investimento de R$ 2 milhões em treinamento, consultoria e obras civis de adequação da planta.

As normas ISO 14001 são focadas na minimização dos efeitos causados pelas empresas ao meio ambiente.

TI verde
Na multi gaúcha, tais práticas são adotadas inclusive na TI: a companhia desenvolve projetos de Green IT como a reciclagem de lixo eletrônico – que só até junho do ano passado somava 856 quilos de material encaminhado para reaproveitamentio.  

Os monitores, gabinetes, teclados, mouses, impressoras e pilhas vieram meio a meio da própria empresa e de seus colaboradores, sendo entregues à Oster, de Novo Hamburgo, que executou a reciclagem dos resíduos.

TI interina
O projeto foi comandado por Cleyton dos Santos Sousa, então gerente de TI da empresa.

O executivo deixou o cargo em outubro do ano passado, alegando estar em busca de "novos desafios".

Desde então, não há um substituto definido: rumores de que o cargo havia sido reposto, possivelmente por uma mulher, chegaram a correr no mercado na semana passada, mas a Artecola negou as informações.

Conforme informado pela Artecola à reportagem do Baguete, o posto segue ocupado por Márcio Schons, que assumiu interinamente quando da saída de Sousa.

“O Grupo Artecola informa que, até o momento, a área de TI segue sob coordenação interina de Marcio Schons. Qualquer alteração será anunciada no momento oportuno”, informa a assessoria de imprensa da companhia.