A Accenture é um dos integrantes da parceria que deve ser anunciada nesta segunda, 04, pelo pelo presidente norte-americano Barack Obama para promover a qualificação profissional nos Estados Unidos.

Num cenário em que 34% das empresas dizem ter dificuldade de contratar por falta de talentos, segundo levantamento da consultoria de recursos humanos Manpower, o governo dos EUA tenta preencher a lacuna da qualificação.

Segundo o jornal New York Times, a intenção da parceria é dar uma uma resposta à insatisfação dos empregados e dos patrões com os programas públicos de qualificação profissional.

Na prática, as empresas trabalharão em conjunto com instituições de ensino para traçar uma grade curricular que seja atraente ao mercado de trabalho. O programa será coordenado pelo Instituto Aspen, com sede em Washington.

A presença da Accenture se justifica. Os dados da Manpower indicam que a área de TI é a nona com maior dificuldade de contratação.

Atualmente a Accenture emprega 204 mil pessoas nas Américas, Ásia, Europa, África e Oriente Médio. No último ano fiscal, a receita líquida da empresa foi de US$ 21,55 bilhões.

No Brasil, a empresa tem escritórios em São Paulo e Curitiba. O grupo trabalha com consultoria de gestão, serviços de tecnologia e outsourcing.

Leia a matéria do New York Times no link relacionado abaixo.