Tamanho da fonte: -A+A

Os últimos secretários de Ciência e Tecnologia com candidaturas nas Eleições 2010 tiveram um desempenho díspar nas urnas neste domingo, 03.

Pedro Westphalen, o primeiro secretário de C&T do governo Yeda Crusius foi eleito com 72 mil votos para a Assembleia Legislativa estadual. Arthur Lorenz, que sucedeu Westphalen, ficou de fora, com uma votação de 35 mil. Ambos políticos são do PP.

Kalil Sehbe, secretário de C&T durante o governo Rigotto que se candidatava pela primeira fez ao Congresso Nacional, ficou com uma vaga de suplente na bancada do PDT, com 43,5 mil votos.

Secretário durante o governo Olívio Dutra, o petista Adão Villaverde foi eleito deputado estadual com 47 mil votos.