A Gestum Tecnologia Educacional fechou um acordo com a RBS para colocar um portal de e-learning dentro do ClicRBS.

 
O EADbr entrou no ar nesta quarta-feira, 05, com 460 cursos nas áreas de educação, gestão, idiomas, informática, jurídico, negócios, além de preparatórios para concursos públicos, com carga horária entre 30 a 80 horas. 
 
O acordo deve alavancar a visibilidade da solução de EAD da Gestum.
 
Lançado em julho de 2000, o clicRBS tem mais de 100 canais focados no público do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, com conteúdo jornais, das rádios e das TVs do Grupo RBS. São 10 milhões de usuários únicos e recebe 37 milhões de visitas ao mês. 
 
De acordo com as empresas, o Eadbr é o único no país a combinar vídeoaulas com o envio de  apostilas em papel. Os cursos custam de R$ 49 a R$ 273. 
 
“A internet trouxe a possibilidade de a educação chegar a todos os lugares. Ficamos muito felizes por fazer parceria com uma empresa de tanta relevância quanto a Gestum”, afirma a diretora de Internet do Grupo RBS, Marta Gleich.
 
A Gestum é sediada em Pelotas com uma filial em São Paulo e afirma estar entre as cinco maiores da área de educação à distância no país. A companhia tem clientes como Petrobras, Wal Mart, O Boticário, Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Gerdau.
 
“O portal Eadbr é fruto de um importante investimento realizado pela Gestum para ofertar em larga escala cursos online de alta qualidade e preço acessível”, comenta o diretor-geral da Gestum, Cesar Braga.
 
A parceria com a RBS não é o primeiro passo da Gestum visando ampliar a base de clientes da companhia. Em 2010, a companhia fechou um acordo com o Movimento Brasil Competitivo (MBC) para levar a Stope, sua solução de e-learning focada no segmento de empresas de pequeno porte, para todos os estados brasileiros.
 
Somente em graduação no Ensino Superior já são mais de 1 milhão de alunos regularmente matriculados nos cursos credenciados pelo Ministério da Educação, o que já representa mais de 20% do total de alunos matriculados em programas de graduação no Brasil. 
 
Mercado de EAD aquecido
Embalados pela conectividade crescente e alta de aparelhos como os tablets, grupos do mercado editorial parecem estar de olho em companhias da área de e-learning.
 
O Grupo A Educação assinou em setembro um protocolo de intenções para a aquisição da GSI Online, empresa especializada em e-learning, nascida na Incubadora Tecnológica da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM-RS).
 
A aquisição não teve prazos ou valores revelados pelas companhias.
 
O negócio é mais um passo do Grupo A, holding formada pelos selos editoriais Artmed, Bookman, Artes Médicas, McGrawHill, Penso e Tekne, na área de e-learning, depois do acordo assinado em agosto com a Blackboard.
 
O Grupo A tem a representação exclusiva da multinacional americana no país por cinco anos. A Blackboard teve um faturamento de US$ 447,32 milhões em 2010 e atende a 20 clientes no Brasil, incluindo ESPM, FGV, Dom Cabral e Eurofarma, agora atendidos pelo Grupo A.