A Votorantim vai investir R$ 625 milhões para expandir sua fábrica em Rio Branco do Sul, na região metropolitana de Curitiba.

O investimento aumentará a capacidade produtiva da fábrica em 50%, passando de 4 milhões para 6 milhões de toneladas de cimento por ano.

A empresa foi enquadrada no programa Paraná Competitivo, criado pelo governo estadual para atrair investimentos para o estado com a concessão de incentivos fiscais.

“Temos confirmados investimentos de R$ 9 bilhões e mais R$ 15 bilhões em negociação”, disse o governador do estado, Beto Richa.

A unidade ampliada da Votorantin deve entrar em operação no final de 2012, gerando 1 mil empregos diretos e indiretos, além de 1.500 postos de trabalho durante a construção. Serão construídos uma nova moagem e mais um forno.

O investimento faz parte do plano de expansão da Votorantim para atender a crescente procura por cimento em vários estados do Brasil. Além da unidade de Rio Branco do Sul, a empresa tem duas fábricas no Rio Grande do Sul e uma em Santa Catarina.

Para viabilizar os investimentos, governo e empresa assinaram um protocolo de intenções.

O documento prevê algumas obras de infraestrutura a serem realizadas em conjunto entre o estado e a Votorantim. A Copel, por exemplo,  irá fazer novos investimentos para garantir suprimento adicional de energia que sustente o funcionamento da planta ampliada.

O governo negocia ainda com a empresa a duplicação da rodovia dos Minérios, no trecho de acesso à Votorantim.

Crescimento também em SC
Em abril, a Votorantim Cimentos anunciou que iria quadruplicar sua capacidade de produção em Santa Catarina, com a inauguração de duas novas plantas no final de maio.

Somadas à já existente em Itajaí, as unidades de  Imbituba e Vidal Ramos terão capacidades de entregar 1,9 milhão de toneladas de cimento ao ano.

O investimento nas duas unidades, feito com recursos próprios da companhia, consolida um total de R$ 5 bilhões aplicados em expansão de 2007 a 2013.

O plano de expansão nacional da Votorantim Cimentos prevê 35 fábricas de cimento no país até 2013 com capacidade de 42 milhões de toneladas de cimento por ano. A empresa diz ter hoje 40% do mercado brasileiro.

Em 2010, a Votorantim Cimentos registrou uma receita líquida de R$ 8,5 bilhões e produziu 26 milhões de toneladas de cimento.