Deli Matsuo. Foto: Adriana Franciosi, Grupo RBS.

Deli Matsuo, que foi diretor de RH do Google para a América Latina de 2006 a 2010, acaba de assumir como vice-presidente de Gestão e Pessoas do Grupo RBS.

No Google, Matsuo comandava os recursos humanos latino-americanos a partir do escritório no Vale do Silício. Antes disso, também atuou na empresa em projetos no Japão.

Ao todo, são 15 anos de carreira na área de gestão de pessoas e desenvolvimento organizacional, com passagens por empresas como Lucent (telecomunicações) e Allergan (farmacêutica) nos EUA, Brasil e diversos países da América Latina.

Na RBS, Matsuo assume as funções de desenvolvimento de estratégias para gestão de pessoal, atração e retenção de talentos, bem como projetos de qualificação e busca de excelência e alta performance.

“Dar aos colaboradores a oportunidade de evoluir e fazer com que o desenvolvimento de suas equipes sirva de combustível para a empresa é um desafio”, afirma o novo VP. “Quero ajudar a RBS a montar grupos de alta performance. Essa empresa só crescerá com o resultado das pessoas”, acrescenta.

Matsuo será membro da diretoria Executiva do grupo gaúcho de telecomunicações e se reportará ao vice-presidente executivo, Eduardo Sirotsky Melzer.

Graduado em Engenharia Elétrica e TI, o executivo tem MBA em Administração de Empresas pela Fundação Instituto de Administração (FIA), em São Paulo.

Investimento em pessoal
Esta foi a quarta contratação de peso anunciada pelo Grupo RBS desde março deste ano.

No mês passado, a companhia contratou Fabio Bruggioni, ex-vice-presidente do Grupo Telefônica, como CEO de Internet e Mobile.

Antes disso, por volta de abril, a contratada foi Andiara Petterle, ex-CEO da Bolsa de Mulher, que ingressou na RBS para desenvolver uma área de negócios digitais orientada ao público feminino.

A corporação

O grupo, que em 2010 teve lucro líquido de R$ 174 milhões, reúne emissoras de rádio e televisão, jornais, portais de internet e outros projetos no meio digital.

Segundo divulgado por sua assessoria de imprensa, a companhia é maior afiliada da Rede Globo no país, além de liderar os mercados do Rio

Grande do Sul e Santa Catarina no segmento de mídias tradicionais.

A empresa também opera, a partir de São Paulo, eventos, negócios digitais, projetos em mobile e negócios na área de educação executiva.

O grupo emprega mais de seis mil colaboradores, é o segundo maior empregador de jornalistas do país.