A Unisinos lança um programa de desenvolvimento de Recursos Humanos pelo qual pretende ajudar a suprir a tão chorada carência de mão de obra qualificada no setor de TI, evitando o “apagão” que tantos analistas e empresários do setor temem.

A iniciativa prevê a formação de parcerias entre a universidade e empresas de TI para a criação de cursos, MBAs e mestrados na área.
 

A GetNet já aderiu à ideia: a empresa, presente em Campo Bom, Porto Alegre e São Paulo, especializada em tecnologia para captura e processamento de transações eletrônicas, se reuniu na segunda-feira, 06, com representantes da Unisinos para debater a elaboração de cursos.

A companhia, que segundo dados próprios é responsável pelo maior volume de recargas eletrônicas de telefonia do mercado latino-americano, também atua na captura e processamento de transações eletrônicas para cartões de crédito e débito nacionais e regionais, com 20 bandeiras em seu portfólio.

“Existem hoje no mercado mais de 625 milhões de cartões em circulação. Para atender toda essa demanda precisamos de profissionais capazes de lidar com esse tipo de tecnologia”, destaca Cristian Cavalheiro, superintendente de TI da GetNet.

A parceria entre a empresa e a Unisinos deve ter início imediato, com a elaboração de um curso de extensão para o mês de julho.

“Precisamos de profissionais com conhecimentos específicos, que muitas vezes não são abordados pelas graduações das universidades”, reforça Angelita Feijó da Silva, superintendente de RH da GetNet. “Na parceria com a Unisinos, poderemos sugerir cursos essenciais para a formação de recursos aptos a trabalhar para esse mercado”, complementa.

Segundo ela, a meta é que a parceria entre a empresa e a universidade leopoldense inclua não só cursos de média duração, como é o caso das extensões, mas, posteriormente, também MBAs, especializações e até mestrado.