A Fiesp estima que o PIB do Brasil deve crescer 6,2% em 2010, ante uma expansão de 0,4% este ano, informa a Agência Estado.

“O Brasil não é mais o País do futuro, mas, sim, do momento. Temos um cenário muito favorável no longo prazo, inclusive com investimentos relacionados ao pré-sal, Copa do Mundo em 2014 e Olimpíadas de 2016”, comenta Paulo Skaf, presidente da federação paulista.