Tamanho da fonte: -A+A

O Ministério Público do Rio de Janeiro moveu uma Ação Civil Pública contra a Microsoft, exigindo que a companhia crie, no mínimo, um ponto de assistência técnica no estado.

A liminar é referente à área de games, especialmente o console Xbox, e pede que a multi pague indenização de R$ 100 mil aos consumidores do estado por danos morais e materiais, segundo informações do jornal O Globo da quarta-feira, 08.

Conforme a ação, o valor será revertido ao Fundo de Reconstituição de Bens Lesados.

Na ação, o promotor Pedro Fortes alega que, por ter sede em São Paulo, a Microsoft deixa os consumidores do Rio sem suporte e assistência técnica.

A liminar pede, ainda, a imposição de uma pena diária de R$ 5 mil até que a Microsoft instale um ponto de assistência técnica no estado.

Procurada pelo O Globo, a Microsoft afirmou não ter sido comunicada da ação judicial.