CARRINHO ABERTO

Dell faz terceira compra em uma semana

10/04/2012 10:19

Foto: Divulgação, Dell's Official/Flickr

Tamanho da fonte: -A+A

Na sua terceira compra em uma semana, a Dell fechou negócio com a Make Technologies, especializada na substituição de sistemas de computadores ociosos.

Em menos de sete dias, a empresa já adquirira a Wyse Technology e Clerity Solutions.

Com a movimentação, a fabricante espera acrescentar ao portfólio soluções rápidas, confiáveis e rentáveis, explicou em nota.

A multinacional incorpora ferramentas de automação e ferramentas de migração de código que irão transformar aplicações legadas em uma arquitetura mais moderna.

Os termos do acordo não foram revelados, mas a Dell afirmou que cem funcionários da Make Technologies vão se juntar à equipe de serviços da companhia e que a aquisição deverá ser concluída no segundo trimestre do ano fiscal da empresa.

Já com a Wyse, a Dell espera aumentar sua oferta de virtualização de desktops.

A Wyse oferece serviços em nuvem para gestão avançada e suporte de softwares para desktops, notebooks e dispositivos móveis.

A empresa ainda possui parcerias para data centers, redes e até prestadores colaborativos, isso tudo visando ajudar seus clientes a aproveitar os benefícios da nuvem de forma segura, com nuvens pessoais, públicas e até governamentais.

Com a compra da Clerity, a empresa comprou um provedor de soluções e serviços que auxilia clientes a saírem dos sistemas legados de computação e entrarem em novas tendências de mercado – incluindo cloud computing.

Mais conhecida pela fabricação de computadores, a Dell ocupa a terceira posição no segmento e amarga um crescimento estacionário, de 1,8%, perto dos 19,7% da segunda colocada, a Lenovo.

Recentemente, a Dell descontinuou sua atuação em netbooks e smartphones.

As compras são uma forma da Dell diversificar o negócio, diante do pouco crescimento no mercado de desktops e notebooks, que cresceu apenas 3,8% em 2011, conforme o Gartner.

Em 2009, a empresa já adquiriu a Perot Systems, numa negociação avaliada em US$ 3,9 bilhões.

Segundo a Dell, a aquisição serviria para ampliar o leque de serviços de tecnologia oferecido para empresas nas áreas de serviços e soluções, além de aperfeiçoar a oferta atual, assim como colocar os computadores de sua marca junto aos clientes da Perot Systems.

No último ano fiscal, a Dell teve uma alta de 1% na receita.

Veja também

Dell compra Perot Systems por US$ 3,9 bi
A Dell anuncia nesta segunda-feira, 21, a aquisição da Perot Systems, empresa texana de serviços de TI.

A compra em dinheiro está avaliada em cerca de US$ 3,9 bilhões.

Segundo a Dell, a aquisição servirá para ampliar o leque de serviços de tecnologia oferecido para empresas nas áreas de serviços e soluções, além de aperfeiçoar a oferta atual, assim como colocar os computadores de sua marca junto aos clientes da Perot Systems.
Dell expande oferta de SaaS na AL
A Dell lança na América Latina seu portfólio de aplicações SaaS (Software-as-a-Service) para empresas de pequeno, médio e grande porte, bem como para o setor público e parceiros de canal.

As soluções acrescentam serviços de TI baseados em cloud computing à capacidade existente de consultoria, suporte e serviços gerenciados pela divisão Dell Services, organização formada recentemente, com a aquisição da Perot Systems, e que conta com 42 mil profissionais.
Investidores brabos com Michael Dell

Michael Dell, fundador da fabricante da Dell, foi reeleito pelo conselho da empresa este mês com pouco mais de 25% dos votos.

A votação foi a menor entre todos os 11 diretores reeleitos.

O escasso resultado mostra a insatisfação dos acionistas com os resultados da companhia, que caiu de primeira para terceira maior fornecedora mundial de computadores pessoais, atrás de HP e Acer.

As ações caíram mais de 13% no último ano enquanto o Nasdaq subiu mais de 14%.

Presidente da Dell Services se demite

O presidente mundial da Dell Services Peter Altabef, renunciou ao cargo na terça-feira, 11.

O executivo é ex-CEO da Perot Systems, adquirida pela Dell por US$ 3,9 bilhões em 2009.

Agora, em comunicado enviado à imprensa, a companhia não detalha os motivos da demissão de Altabef, apenas afirma que a integração com a Perot foi “completa e bem-sucedida” e que “esse era o objetivo".

Dell usará fluxo de caixa para aquisições

A Dell usará o forte fluxo de caixa para fazer aquisições, disse nesta segunda-feira, 09, o presidente-executivo Michael Dell.

Por muito tempo foi dependente de gastos de governos, empresas e consumidores com tecnologia, a Dell diversificou os negócios de hardware em serviços com maiores margens, embora em ritmo menos acelerado que o de alguns concorrentes recentemente.

No ano passado, a empresa de Michael Dell teve lucro de US$ 2,63 bilhões.

Dell: solução mira cartórios

A Dell lançou uma solução integrada para cartórios, que inclui servidores Dell e softwares da Siplan Control-M, empresa paulista especialista em soluções para o ramo.

FUSÃO
Dell quer SonicWall

A Dell declarou que quer comprar a fabricante de produtos para redes e de segurança de dados SonicWall de um grupo de investidores.

Recentemente, a Dell tem tentado impulsionar suas margens de lucro ao focar em ser um centro de compras para clientes corporativos e em aumentar a exposição em ofertas de soluções corporativas.

@SUPORTE
Dell: de olho nas redes sociais

Para a Dell, redes sociais não são só uma interface de contato: são também vitrine e centro de suporte.

A companhia mantém perfis no Facebook e Twitter, blog oficial, comunidade online, canais de relacionamento e suporte via web como o Dell Care, e até uma universidade focada no assunto, para formar colaboradores que atuam nas redes sob a marca Dell.

JÁ ERA
Dell suspende vendas de smartphone nos EUA

As vendas dos smartphones da Dell estão suspensas nos Estados Unidos, diz o site PC World.

Segundo o portal, a estratégia móvel agora será mais focada nos mercados emergentes e em produtos com uma margem maior de ganho. Assim, os modelos Venue e Venue Pro não serão repostos nos estoques no mercado norte-americano.