Fabio Bruggioni

Fabio Bruggioni, vice-presidente do Grupo Telefônica, é o novo CEO de internet e mobile do Grupo RBS.

O executivo inicia suas atividades a partir de 2 de maio, e será membro da Diretoria Executiva, reportando-se ao Vice-Presidente Executivo, Eduardo Sirotsky Melzer.

Nos próximos meses, o executivo comandará o lançamento de uma nova empresa, que terá sede em São Paulo e atuação nacional, com foco no mundo digital. Não foram dados mais detalhes sobre a nova empresa.

Consolidar e ampliar
Segundo nota divulgada à imprensa, entre os desafios do executivo estarão a “consolidação e ampliação dos atuais negócios de internet e mobile, a identificação e o desenvolvimento de oportunidades e a busca de novas capacitações para o Grupo RBS”.

Graduado em Administração de Empresas com especialização em Marketing e passagens por programas de gestão na Harvard Business School, INSEAD e IESE Business School, Fábio ocupou várias posições no Grupo Telefonica e atuou ainda na área de negócios da Credicard.

Investida digital
Bruggioni é a terceira de uma série de contratações iniciadas pelo Grupo RBS em março de 2011, todas relacionadas ao ambiente das novas mídias.

No dia 01de março, Ricardo Cappra – conhecido na área de TI pela sua atuação como gerente regional de vendas da Senior Sistemas, e participação dos canais SAP Videli e DuoPacto – assumiu o cargo de executivo de Mídias Digitais.

Cerca de um mês depois, foi a vez de Andiara Petterle, ex-CEO da Bolsa de Mulher, ingressar no Grupo RBS para desenvolver uma área de negócios digitais orientada para o público feminino.

O desempenho das operações digitais tem recebido atenção da empresa – a segunda maior empregadora de jornalistas no país.

Nos últimos anos, a RBS vem fazendo um esforço para aumentar a receita oriunda do meio, com aquisição em companhias como a Pontomobi, especializada em mobile marketing, o lançamento de sites hiperlocais, de compras coletivas e versões de seu conteúdo em novas plataformas como Kindle e iPad.

Somente no ano passado, foram lançados os sites de classificados Pense Carros e Pense Imóveis, o C2Rural (voltado ao agronegócio), e os e-commerces desejomania (compras coletivas) e Eu Comparo.

Em 2010, a RBS Comunicações teve lucro líquido de R$ 174 milhões.