O chavão “nuvem” como sinônimo da última novidade em termos tecnológicos está estendendo sua influência para além do setor de TI.

Prova disso é que a Ford, querendo dar um verniz de tecnologia ao seu stand no tradicional Salão de Detroit, que começa na cidade americana nesta sexta-feira, 13, decidiu construir a sua própria nuvem.
 
Ao invés de comprar servidores da Amazon, a montadora construiu um espaço elevado a seis metros de altura, onde grupos de até 12 pessoas poderão ver filmes em 360 graus sobre as futuras tecnologias da Ford voltadas para sustentabilidade.
 
Realidade aumentada é outro dos recursos do stand, junto com Blue Oval Card, um cartão que os visitantes recebem depois de se registrar online e dá acesso a conteúdos exclusivos no estande, que podem ser compartilhados nas redes sociais.