A Softsul contribuiu para o caráter sul americano da BITS, encerrada nesta quinta-feira, 12, em Porto Alegre, atraindo visitantes por meio das conferências @ICT Latin America, parte da programação de palestras do evento organizado pela Deusche Messe e Fiergs.

“Foram mais de 700 participantes inscritos nas conferências”, revela José Antônio Antonioni, diretor presidente da Sofsul, destacando a participação de empresários da Colômbia, México e Uruguai.

A grade de palestrantes da Softsul foi dividida em três trilhas, focando temas como soluções de TI para negócios, alinhamento de tecnologia a negócios e impacto da telecomunicações, com representantes de empresas como IBM, Google, Damovo e Grupo Processor, além de consultores internacionais.

Brasil, país parceiro da Cebit
Antonioni comemora o fato do Brasil ter aceitado o convite da Cebit para ser país parceiro do evento em 2012, anunciado oficialmente por Wolfgang Leinarz, vice presidente da Deusche Messe, durante a abertura da BITS na segunda-feira, 10.

“É um fato que vai desencadear uma participação sem precedentes do Brasil na Cebit”, acredita o diretor presidente da Softsul, destacando que gigantes nacionais como Embraer e Petrobras deverão comparecer e mostrar suas últimas novidades.

A expectativa é que os espaço ocupado pelas empresas brasileiras salte da média de 400 m2 dos últimos anos para entre 3 ou 4 mil, área geralmente ocupada por países parceiros.

“Organizando missões para a Cebit nos últimos 12 anos, ajudamos na chegada desse momento”, comemora Antonioni.

Antonioni falou à reportagem do Baguete direto do estúdio do site montado na BITS. A entrevista na íntegra pode ser conferida pelo podcast relacionado a esta matéria.

* O Baguete Diário cobre a BITS 2010 com patrocínio da HervalTech - HP e TI Works e apoio da Radioativa Produtora, Unirede e Softsul.