A Finep acaba de lançar duas chamadas públicas no total de R$ 130 milhões para a área do pré-sal.

A primeira delas prevê investimentos de R$ 30 milhões e irá apoiar a criação, adequação e capacitação de laboratórios de Instituições de Ciência e Tecnologia para atender demandas dos fornecedores da cadeia de petróleo e gás. O formulário para envio das propostas poderá ser acessado no portal da Finep a partir da sexta-feira, 23.

Nesse caso, serão três linhas de apoio para laboratórios de ensaio de desempenho de válvulas e acessórios de tubulação, de produtos de segurança e de qualificação e análise de umbilicais. Os recursos são do FNDCT - Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, de natureza não reembolsável.

Já o segundo edital prevê investimento de R$ 100 milhões no desenvolvimento de projetos realizados em sistema de cooperação entre empresas e instituições de ciência e tecnologia que ofereçam soluções para os desafios tecnológicos gerados a partir das descobertas de reservas na camada do pré-sal.  

As instituições interessadas devem enviar carta de manifestação de interesse até o dia 08 de agosto, e o resultado será divulgado no dia 09 de setembro. O formulário para apresentação dos projetos estará disponível no site da Finep a partir de 05 de outubro.

A ideia é atender toda a cadeia produtiva do setor de petróleo e gás, por isso a chamada vai priorizar seis segmentos: válvulas, conexões e flanges, umbilicais submarinos, caldeiraria, construção naval, instrumentação e automação.

Nas duas chamadas, o valor mínimo das propostas deverá ser de R$ 1 milhão, incluindo as bolsas de estudo e pesquisa.