A lei de inovação de Florianópolis deve ser sancionada até o dia dia 23 de março de 2012, aniversário da cidade, prevê o vereador Ricardo Camargo Vieira (PC do B).

Presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Inovação e Informática, Vieira participou nessa terça-feira, 13, da audiência pública que debatou a proposta do Projeto de Lei Complementar nº 1.143/2011 na Câmara de Vereadores da cidade.

O projeto prevê a instituição do Sistema, do Conselho e do Fundo Municipal de Inovação, que destinará cerca de R$ 10 milhões ao ano a projetos de inovação que atendam setores econômicos da cidade.

Projeto há muitas mãos
Resultado de um projeto colaborativo, a proposta de Lei Municipal de Inovação de Florianópolis contou com a participação dos principais agentes da capital, além de diferentes entidades e diversos cidadãos.

Entre os dias 05 e 29 de setembro, o texto do projeto de Lei ficou disponível para consulta pública pela internet, no site da Prefeitura de Florianópolis. Foram registrados centenas de comentários e sugestões ao texto.

Com 421 mil habitantes, Florianópolis tem no setor de tecnologia o maior contribuidor de impostos, sendo responsável por mais de 45% do PIB municipal, de R$ 8 bilhões.