A Secretária de Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico do Rio Grande do Sul já tem R$ 12 milhões para um edital de apoio a parques de tecnologia do estado a ser lançado até abril.

A revelação foi feita pelo secretário de C&IT, Cléber Prodanov, durante o ato de formalização do repasse de R$ 1,42 milhão para os parques Valetec e Tecnosinos, nesta terça-feira, 15.

O valor já representa 20% a mais do que o disponibilizado no PGtec, o primeiro programa de incentivo a parques já feito no estado, lançado no último ano de governo Yeda Crusius e que agora começa a ter as verbas entregues.

“Estamos dando continuidade e vamos ampliar esse programa”, garantiu Prodanov durante a cerimônia.

Mais raro do que deveria ser na política gaúcha, o discurso continuista do novo secretário faz jus as origens dos últimos gestores da secretaria.

Prodanov, que até o final do ano passado era pró-reitor de Pesquisa e Inovação da Feevale, sucedeu no cargo a Júlio Ferst, atualmente contrato pela PUC para cuidar da expansão da fase 3 do Tecnopuc em Viamão.

Segundo o secretário, o chamado Edital 1 do programa RS Tecnópole ainda pode captar mais recursos e a expectativa é lançar outros dois editais voltados para tecnologia ainda em 2011.

“Esperamos obter muito dinheiro junto a órgãos de fomento nacionais e internacionais”, adiantou Prodanov, otimista com os contatos feitos até o momento. “Talvez o principal problema seja conseguir gastar”, brincou.   

A brincadeira de Prodanov tem um fundo de verdade. Dos R$ 10 milhões do orçamento do PGTec, só devem ser alocados R$ 5,1 milhão.

Além de Valetec e Tecnosinos, que já receberam os recursos, estão na fila o Tecnopuc, o Tecno Unisc e o Parque Ecotecnológico do Vale do Caí, que juntos pleiteiam R$ 3,7 milhões.

Caso se confirmem as verbas para os três parques na fila – não é certo, mas a expectativa é que os recursos saiam – apenas cinco dos 11 parques inicialmente aprovados terão conseguido as verbas do PGTec.

Para o dinheiro circular, serão necessárias melhorias nos dois lados do balcão.