A Unisinos vai inaugura, ainda em dezembro, uma sede em Rio Grande, cidade na região Sul do estado a 317 km de Porto Alegre. 

 
Serão oferecidos na nova unidade cinco MBAs: Gestão de Projetos com foco na Indústria Naval, Negócios Internacionais, Gestão Empresarial, Gestão da Produção e Logística e Gestão de Projetos.
 
“Além de oferecermos possibilidades para profissionais naturais de Rio Grande, ainda há oportunidade de qualificação para os que se deslocaram do país todo para cá em função da instalação de indústrias”, comenta o diretor da Unidade Acadêmica de Educação Continuada, Francisco Zanini.
 
A construção de plataformas e cascos para a exploração da camada pré-sal deve injetar a cifra de R$ 13 bilhões na cidade até 2015, projeta a prefeitura da cidade.
 
Rio Grande já foi em 2009 o quarto maior PIB do Rio Grande do Sul atrás de Porto Alegre, Canoas e Caxias do Sul segundo dados divulgados pelo IBGE nesta semana. 
 
A expectativa é que a população dobre nos próximos 10 anos, chegando a cerca de 400 mil pessoas.
 
A Unisinos tem apostado numa estratégia de expansão geográfica das suas operações, até pouco tempo concentradas no campus de São Leopoldo.
 
Em 2009, os jesuítas anunciaram 26 ofertas de especialização e MBAs em Caxias do Sul e Bento Gonçalves. 
 
No mesmo ano, a universidade passou a investir em Porto Alegre, com uma instalação física em área próxima ao Colégio Anchieta, também controlado pela Associação Antônio Vieira. 
 
Hoje já estão disponíveis na capital 25 graduações, 36 especializações, 11 MBAs, além de cursos cursos de extensão em idiomas.
 
O plano envolve R$ 60 milhões de investimento até 2020, na construção de um prédio de sete andares.