Na carona do bom desempenho da indústria automotiva em 2010, a Randon, fabricante de implementos rodoviários de Caxias do Sul, teve lucro líquido consolidado de R$ 249,5 milhões no ano passado, o que representa um crescimento de 84,6% em relação a 2009.

A receita líquida consolidada da companhia avançou 50,6%, totalizando R$ 3,7 bilhões.

Segundo a Randon, a alta utilização da capacidade, em muitos momentos superior a 90%, permitiu ganhos de eficiência e de produtividade.

A geração de caixa alcançou R$ 541,4 milhões ao fim de 2010. O montante 82% superior ao resultado de um ano antes é atribuído à redução do capital de giro e a melhorias nas margens de lucro geradas pela economia de escala.

No ano passado, os investimentos da companhia somaram R$ 190,5 milhões, montante direcionado principalmente ao aumento de capacidade nas diferentes linhas de produtos.

Para este ano, a empresa planeja um desembolso ainda maior, de R$ 270 milhões.

Em seu guidance para 2011, a empresa prevê a geração de receita líquida de R$ 3,9 bilhões, 5,4% maior do que a apurada no ano passado. As exportações a partir do Brasil são estimadas em US$ 250 milhões, enquanto as importações devem girar em torno de US$ 100 milhões.