Uma pesquisa da Accenture com 51 executivos de quatro operadoras globais de comunicação não reveladas mostrou que os pontos de venda físicos ainda são parte importante da estratégia comercial das corporações, mesmo com o crescimento dos meios digitais.

Um total de 76% dos entrevistados disseram que planejam aumentar o número de lojas físicas. As empresas pesquisadas tem receita anual de pelo menos US$ 500 milhões, operando em 18 países.

Outros 88% afirmaram que elas são importante, ou muito importante, para a atual estratégia de crescimento da empresa; e ainda 84% afirmaram que as lojas no varejo continuarão a ser importantes ou extremamente importantes nos próximos dois anos.

Os entrevistados esperam que as vendas nos pontos de venda representem uma porcentagem maior do faturamento nos próximos dois anos, aumentando de 43% para 50%.

Os executivos citaram três importantes razões para o maior foco nas operações no varejo: a exigência de interação por parte dos clientes, as  oportunidades para vendas casadas e o aumento da possibilidade de ensinar os consumidores a utilizar produtos e serviços.  

Em outra pesquisa realizada pela Accenture no começo de 2010, mais de três mil consumidores de 18 países responderam como a venda em lojas físicas influencia o seu relacionamento com os provedores.

De acordo com o estudo, três em cada quatro clientes preferem adquirir serviços ou comprar produtos diretamente em lojas.