Tamanho da fonte: -A+A

A distância entre as intenções de voto do governador de São Paulo, José Serra (PSDB) e a ministra Dilma Rousseff (PT) caiu para 5 pontos percentuais, quase um empate técnico tendo em conta que a margem de erro da sondagem encomendada pela CNI ao Ibope é de 2 pontos.

Serra aparece no levantamento divulgado nesta quarta-feira, 17, com 35% das intenções, queda de quatro pontos percentuais, enquanto Dilma subiu 13 pontos, para 30%.

Segundo o Ibope, em terceiro lugar aparece o deputado Ciro Gomes (PSB), que oscilou negativamente de 13% para 11%, enquanto a senadora Marina Silva (PV) manteve-se com 6%.

Transferência
Segundo a pesquisa, 53% dos entrevistados preferem votar em um candidato apoiado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, enquanto 10% preferem votar em um nome da oposição. Outros 33% afirmam que não levarão a posição do presidente em conta na hora de votar.

Apesar do crescimento de Dilma nas intenções de voto, ainda é grande o número de eleitores que não sabe qual é o candidato apoiado por Lula (39%), mas já chegam a 58% os que identificam a ministra como esse candidato.