A nova direção do Banrisul pretende expandir a atuação do banco gaúcho para Santa Catarina.

A meta, conforme o novo presidente da instituição, Túlio Zanin, é alcançar 25% do mercado catarinense, atualmente em fase de captação.

O percentual almejado é o mesmo que hoje o banco detém no Rio Grande do Sul.

“Santa Catarina é um estado de grande sinergia com os gaúchos, onde podemos ser parceiros dos investidores”, analisou Zamin, durante a cerimônia de posse, na quinta-feira, 17.

Esta é a segunda vez que o executivo comanda o Banrisul. A primeira gestão foi entre 2000 e 2002, durante o governo de Olívio Dutra.

Agora, ele sucede Rubens Bordini.