Erwin Rezelman está de saída da presidência do SAP Labs Latin America, centro de suporte e desenvolvimento da multinacional alemã instalado em São Leopoldo.

Ele está de mudança para Nova York, mas não revelou seu próximo destino profissional.

Um profissional vindo da matriz na Alemanha deve substituir o holandês.

Como ainda estão pendentes questões de visto, a SAP prefere não revelar o nome do novo presidente. O anúncio é esperado até março.

Rezelman estava na SAP há 15 anos, tendo passado pelos SAP Labs do Japão e ajudado a abrir uma operação similar na China.

O executivo comandou o SAP Labs Latin America desde a abertura, em 2006, e sai prestigiado pela cidade.

O Tecnosinos, parque tecnológico onde o centro está instalado, organizou uma despedida para Rezelman nesta sexta-feira, 20, no terraço da Biblioteca da Unisinos, às 19h15.

Já confirmaram presença o reitor da universidade, padre Marcelo Fernandes de Aquino e o  prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi.