Com 47% da aprovação dos brasileiros, a presidente Dilma Rousseff igualou o recorde registrado pelo seu antecessor, Luis Inácio Lula da Silva no início do mandato.

Segundo informações do instituto Datafolha, Dilma é aprovada por 47% dos brasileiros.

Na mesma época, em 2007, Lula tinha 48% de aprovação – um empate técnico, segundo os critérios usados na pesquisa, cuja margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Lula teve 43% de aprovação no terceiro mês de seu primeiro mandato, em março de 2003. Depois, bateu um recorde de aprovação presidencial em início de governo, em março de 2007, atingindo a marca de 48%.

Segundo o Datafolha, Dilma supera em popularidade todos os antecessores de Lula, quando se considera esta fase inicial do mandato.

O instituto faz pesquisas nacionais desde 1990. Pelo histórico, em junho daquele ano (a posse então era em março), Fernando Collor tinha 36% de aprovação. Itamar Franco, que assumiu depois do processo de impeachment de Collor, marcou 34% depois de três meses no cargo.

Fernando Henrique Cardoso, eleito em 1994 e reeleito em 1998, teve aprovação no início de seus governos de 39% e 21%, respectivamente.

Na pesquisa divulgada pela Folha de S. Paulo no final de semana passada, o Datafolha registra 7% que consideram a gestão de Dilma "ruim" ou "péssima". Outros 34% a classificam como "regular". Há também 12% que não souberam opinar.

O instituto entrevistou 3.767 pessoas em 179 municípios nos dias 15 e 16 deste mês.

A matéria completa da Folha pode ser acessada no link relacionado abaixo, para assinantes.