Tamanho da fonte: -A+A

A Agenda 2020 quer incluir mais 150 técnicos nos seus grupos de discussão, atingindo a marca de 500 colaboradores.

“Este ano de 2010 foi muito bom para a Agenda mas precisamos avançar ainda mais”, ressalta o  presidente da Pólo RS, Bolivar Moura.

Na área de tecnologia, a Agenda 2020 propõe reforçar a Fapergs e a Uergs, além de desenvolver um sistema de parques tecnológicos articulados dentro de uma política pública para C&T.

De acordo com os integrantes do grupo, a falta de reformas estruturais no estado deixa de agregar R$ 20 bilhões.

“A Agenda 2020 teve um papel importante na regulamentação dos primeiros artigos da lei de Inovação”, revela o diretor da Secretaria de Ciência e Tecnologia do RS, Julio Ferst.

Em relação a 2011, os principais desafios da Agenda será a aprovação da reforma da previdência e a ampliação de seus fóruns temáticos.