American: pré-pago para viagem ao exterior

23/03/2011 14:10

A American Express lança um cartão pré-pago para quem viaja do Brasil para o exterior, o American Express GlobalTravel Card.

Recarregável, o cartão é aceito globalmente, em milhões de locais onde os Cartões American Express são aceitos, online e para saques em caixas eletrônicos (ATMs), segundo divulgado pela empresa.

O cartão é vendido nas agências do banco Itaú e pode ser carregado em dólar americano, libra esterlina e euro.

Tamanho da fonte: -A+A

A American Express lança um cartão pré-pago para quem viaja do Brasil para o exterior, o American Express GlobalTravel Card.

Recarregável, o cartão é aceito globalmente, em milhões de locais onde os Cartões American Express são aceitos, online e para saques em caixas eletrônicos (ATMs), segundo divulgado pela empresa.

O cartão é vendido nas agências do banco Itaú e pode ser carregado em dólar americano, libra esterlina e euro.

Porém, é possível usá-lo mesmo em países que utilizam moeda diferente da originalmente carregada no cartão.

Em breve, a meta da operadora é oferecer o American Express GlobalTravel Card em mais bancos.

“Queremos continuar expandindo a rede de distribuição, abrangendo os maiores bancos no Brasil”, afirma a vice-presidente das Américas para Produtos Pré-Pagos da American Express, Rose Del Col.

Conforme ela, o país é um mercado altamente promissor para o novo produto.

“O crescente poder de consumo da população tem conseqüências diretas no aumento de viagens – em 2009, 6.3 milhões de passageiros viajaram ao exterior em voos originados no Brasil. Segundo dados do Banco Central, os brasileiros gastaram US$ 1,7 bilhão no exterior em janeiro de 2011, contra US$ 1,2 bilhão no mesmo período de 2010, alta de 43%”, analisa a executiva.

Rose destaca, ainda, que para desenvolver o cartão a American Express ouviu os consumidores brasileiros em uma pesquisa.

O estudo constatou que os viajantes valorizam produtos que oferecem maneira simples de carregar e acessar dinheiro no exterior, proteção contra roubo e perda e que tenham ausência de tarifa de inatividade e saldo que nunca expira (90% dos entrevistados).

A substituição gratuita do cartão e acesso a fundos de emergência sem custo adicional também ficou entre as prioridades de 89% dos entrevistados.
 

Veja também

iPhone vai virar cartão de crédito?

As próximas gerações do iPhone e do iPad poderão ser usadas para realizar pagamentos.

Segundo matéria da agência Bloomberg publicada nessa terça-feira, 25, a Apple estaria trabalhando para equipar os gadgets com uma tecnologia alternativa aos pagamentos feitos com dinheiro ou cartão de crédito.

Cielo: máquina de cartão de crédito no iPhone

Foi lançado nesta quarta-feira, 10, o primeiro app que transforma aparelhos com a plataforma iOS em uma máquina de pagamentos móveis dos cartões de crédito Visa, MasterCard e American Express.

O foco do programa  - que roda no iPhone, iPad e no iPod Touch - são profissionais liberais com médicos, dentistas, advogados e arquitetos, que ainda teriam receio em aceitar pagamentos com cartão em função do gasto com a máquina tradicional.

Linux Foundation lança cartão de crédito

Usuários Linux norte-americanos que quiserem apoiar a causa têm um novo recurso. A Linux Foundatin lançou um cartão de crédito para arrecadar fundos em parceria com o banco UMB, sob a bandeira Visa. O acordo foi firmado no ano passado.

Faz parte do acordo a empresa CardPartner, que permite que ONGs criem seus cartões de crédito para arrecadar fundos.

Hotéis lideram fraudes com cartão de crédito

De todas as fraudes com cartão de crédito ocorridas em 24 países avaliados em um estudo da SpiderLabs, 38% acontece nas redes hoteleiras.

A pesquisa, intitulada ”Relatório Global de Segurança e Riscos de 2009”, indica ainda que o segundo e terceiro lugares no índice de fraudes de cartão ficam com o setor de serviços financeiros (19%) e o varejo (14,2%).

Cielo irá credenciar Mastercard

A partir de 1º de julho, os terminais de pagamento da Cielo passam a aceitar os cartões da bandeira MasterCard no Brasil.

Até então credenciadora exclusiva da Visa, a partir de julho a Cielo poderá trabalhar com outras bandeiras, da mesma forma que a Visa fica liberada a dar licença para que outras empresas façam o credenciamento dos estabelecimentos comerciais interessados em trabalhar com a bandeira.

Visa quer impedir US$ 1,5 bi em fraudes

Num esforço de prevenir atividades fraudulentas com cartão de crédito, a Visa reforçou seus sistemas de detecção e prevenção de falsificações e golpes.

Os novos investimentos da Visa poderiam ajudar a identificar aproximadamente US$ 1,5 bilhão em fraudes, o que representa uma melhoria de 29% se comparado a 2009.

Visa abre rede para desenvolvedores

Desenvolvedores independentes já podem criar aplicativos para pagamentos eletrônicos na Rede Visa.

A empresa anunciou nesta quarta-feira o lançamento do centro de desenvolvimento Authorize.Net, ferramenta que vai possibilitar a criação dos apps e serviços afins para redes de pagamento.

Segundo a empresa, o centro de desenvolvimento baseia-se na plataforma Authorize.Net, adquirida pela Visa no início deste ano por ocasião da compra da CyberSource.

MasterCard Mobile começa pelo Brasil

O Brasil sediará o lançamento mundial da plataforma de pagamentos móveis da MasterCard.

MasterCard: pagamento via iPhone nos EUA

A Mastercard lança nesta segunda-feira, 21, o aplicativo MoneySend que permite transferir dinheiro entre usuários de iPhone e iPad, nos Estados Unidos.

O serviço está disponível gratuitamente.

Renner emitirá cartões Visa e MasterCard

A Lojas Renner acaba de obter as licenças da MasterCard e da Visa. Com isso, tornando-se a primeira não financeira do mundo autorizada a emitir esses cartões sem ter um banco por trás da operação.

Os cartões com o selo Renner já vêm sendo testados e começam a ser distribuídos em junho.

MasterCard cria área de P&D

A MasterCard Worldwide anuncia o lançamento do MasterCard Labs, área global de Pesquisa e Desenvolvimento, dedicada à introdução acelerada de novas soluções de pagamentos no mercado.

Segundo a empresa, a proposta é criar, analisar e testar novas ideiais no desenvolvimento de novas soluções de comércio.