O ano de 2011 deverá ser de crescimento no consumo de TIC na América Latina.

A previsão da IDC é que a região movimente US$ 74 bilhões até dezembro deste ano, alta de 6,3% sobre 2010, se confirmado o volume.

Segundo a consultoria, a modernização das aplicações será a grande prioridade dos gestores de TI, impulsionando a área de software em 8,2%, e a de hardware, em 4,7%.

No mercado de software, o segmento que registrará maior demanda será o de análises de negócios, que abriga o Business Intelligence (BI) e o Business Analytics (BA), com um avanço de 10,6%. A área de serviços de TI deverá fechar o ano com US$7,3 bilhões, 3% acima do registrado em 2010.

Plataformas sociais também deverão ter aumento, chegando a US$ 100 milhões negociados, frente a US$ 50 milhões.

A computação na nuvem deverá movimentar US$ 200 milhões na região em 2011.