A Intec, incubadora tecnológica do Tecpar, em Curitiba, abriu edital de incubação para empresas. Serão quatro chamadas, em fevereiro, maio, agosto e novembro deste ano.

São 10 vagas disponíveis para incubação não residente.

Nessa modalidade, a empresa não fica instalada nas dependências da Intec, mas conta com apoio técnico, jurídico e administrativo. A incubação residente é condicionada à abertura de vagas pela graduação de empresas já incubadas.

Os critérios principais para pleitear uma vaga são inovação (desenvolvimento de produto novo, complementar a algum existente, nacionalização de tecnologias ou desenvolvimento de similar) e disposição de capital mínimo para investimento inicial.

Ter um plano de negócios desenvolvido e equipe com formação em áreas complementares completa a lista de requisitos da Intec.

Segundo o diretor-presidente do Tecpar, Júlio C. Felix, é importante também que a empresa tenha alguma iniciativa preliminar – no caso de produto, seria um protótipo ou uma requisição de patente.

Os interessados devem apresentar proposta, preferencialmente, por pessoa jurídica.

É permitida a apresentação por pessoa física, entretanto, caso o empreendimento seja selecionado, deverá ser constituída uma empresa para a assinatura do contrato de incubação.

Informações podem ser obtidas no site que aparece nos links relacionados abaixo.