INTERCÂMBIOS

Unisinos tem mais bolsas para Coréia do Sul

26/03/2012 13:27

A Unisinos acaba de assinar um convênio com a sul coreana SKKU através do qual 10 estudantes da universidade de São Leopoldo terão bolsas auxílio para estudar quatro semanas no país asiático.

 

As inscrições para o edital já estão abertas e seguem até o dia 20 de abril.

 

Tamanho da fonte: -A+A

A Unisinos acaba de assinar um convênio com a sul coreana SKKU através do qual 10 estudantes da universidade de São Leopoldo terão bolsas auxílio para estudar quatro semanas no país asiático.

 

As inscrições para o edital já estão abertas e seguem até o dia 20 de abril.

 

O SKKU International Summer Semester oferece isenção das taxas obrigatórias e passagens aéreas. Gastos de alimentação e acomodação na Coréia ficam por conta dos participantes.

 

Nesse momento, 13 alunos da Unisinos estão na Coreia do Sul nas principais universidades desse país.

 

O maior grupo é de estudantes das engenharias, incluindo dois da Computação, mas também participam alunos da Geologia, Jogos Digitais, Gestão para Inovação e Liderança, Biologia e Design.

 

Ao longo de 2011, a universidade de São Leopoldo mandou seis professores para cursos de pós-doutorado nesta área da tecnologia.

 

A movimentação era parte das medidas preliminares para a implantação do Instituto Tecnológico de Semicondutores da Unisinos, um investimento de R$ 4,5 milhões da universidade que abriga temporariamente a operação da joint-venture coreano brasileira HT Micron, que está investindo R$ 200 milhões em uma fábrica no campus.

Veja também

PROMESSA
R$ 50 mi para instituto de semicondutores no RS

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Marco Antonio Raupp prometeu liberar R$ 50 milhões para um Instituto de Semicondutores gaúcho, projeto que visa a poiar a indústria da área no estado, e que deve se instalar em São Leopoldo.

A promessa foi feita ao secretário estadual da Ciência e Inovação, Cléber Prodanov.

Unisinos manda 18 para Coreia do Sul

Dezoito alunos da Unisinos embarcarão no primeiro semestre para bolsas de até um ano em universidades da Coreia do Sul.

Hyundai: fábrica de São Léo em 5 meses

Dentro de cinco meses, deverá estar construída a fábrica de elevadores da sul-coreana Hyundai em São Leopoldo. A previsão é que em até um ano a unidade já esteja em operação.

O anúncio foi feito pelo presidente da Hyundai, Han Sang Ho, o vice, Jin Jan Ho, e o vice-presidente de Estratégia e Planejamento global do Grupo Hyundai, Victor Park, em evento realizado na Unisinos no sábado, 04.

Competence fecha parceria com coreana

Aproveitando a aproximação das empresas coreanas com o Rio Grande do Sul, a agência Competence firmou parceria com a coreana ISMG, informa o site da Revista Amanhã.

Segundo a publicação, a parceria já tem um cliente garantido.

Paraná quer atrair empresas coreanas

O governo paranaense está de olho em investimentos coreanos.

Uma comitiva de diretores da Kotra, agência governamental coreana de promoção de investimentos, foi recebida no Paraná nessa segunda-feira, 09, para conhecer as “oportunidades de negócios” no estado.

Segundo Ricardo Barros, secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, a nova política fiscal, chamada por ele de “moderna e flexível”, é a principal atração.