A indústria de tecnologia da informação (TI) prepara-se para receber um forte fluxo de investimento nos próximos meses, indica pesquisa feita pelo Instituto Sem Fronteiras (ISF), revelada ao jornal Valor Econômico com exclusividade.

Levantamento feito junto a 1.140 empresas mostra que os orçamentos de TI das empresas no Brasil vão somar R$ 64,6 bilhões neste ano, estabelecendo um novo patamar histórico.

O movimento representa um crescimento de 9% frente aos R$ 59,3 bilhões de 2011.

A projeção é um pouco inferior à média anual de 10% registrada nos últimos dois anos, mas se mostra bem superior às estimativas globais.

Segundo a consultoria Gartner, os investimentos mundiais em TI vão aumentar 3,7% neste ano, chegando a US$ 3,8 trilhões. A variação no setor também segue mais forte que a expansão prevista para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, de 3,3%, conforme a pesquisa focus do Banco Central.

Apenas a TAM, consultada pelo jornal, valor destinado à área será 52% superior ao do ano passado. Na Máquina de Vendas e na Toyota os recursos serão reforçados em 10%.

No Banco do Brasil e no Serpro estão programados aumentos de 8%.

Tanto as empresas que participaram da pesquisa do ISF como as companhias ouvidas pelo Valor vão dar ênfase a projetos de mobilidade e de automação de serviços.

Leia a matéria completa do Valor Econômico (para assinantes) nos links relacionados abaixo.