Ana Maria Pellini, ex-secretária geral de Governo e presidente da Fepam durante a administração Yeda Crusius, foi nomeada para um cargo de confiança da Procempa.

Ana irá ocupar o cargo de Assessor de Projetos Especiais II, nível 122 lotada no gabinete da Presidência da Procempa.

Antes de assumir a Fepam, a profissional foi auditora da secretaria da Fazenda, diretora-geral do Tribunal de Justiça do Estado e diretora-geral da Secretaria Segurança Pública.

De acordo com informações do site RS Urgente, o nome de Ana faria parte de uma lista de nomes ligados ao PMDB que deveriam ser “encaixados” na prefeitura de Porto Alegre.

A divulgação da contratação de Ana foi feita pelo Sindppd-RS, que aproveitou a ocasião para repetir suas críticas ao que considera o excesso de CCs no quadro da estatal municipal de processamento de dados e pedir a realização de um novo concurso público.

O total de 613 colaboradores da Companhia, 256 são funcionários do quadro de carreira. Já os terceirizados somam 144, enquanto o número de estagiários fica em 134 e o de CCs, em 52.