Os funcionários da Procergs podem entrar em greve por tempo indeterminado a partir da terça-feira,  23 de agosto.

 
Uma nota divulgada pelo Sindppd-RS nesta quinta-feira, 29, aponta que a medida foi decidida em assembleia e será aplicada caso a estatal de processamento de dados não atenda às reinvidicações dos funcionários.
 
Uma paralisação de uma hora já está marcada para a terça-feira, 02, das 15h às 16h.
 
O Sindppd-RS pede reajuste do INPC, aumento real de 5% nos salários e benefícios (tíquetes, vale-rancho e auxílio-creche). Até agora, a direção da Procergs, só oferece o INPC.
 
“Nos últimos anos a categoria recebeu apenas as perdas com a inflação, o que tornou os salários defasados em relação ao mercado de TI”, aponta nota do sindicato. 
 
A afirmação do sindicato é verdadeira, pelo menos no que tange às novas contratações que não recebem os extras nos salários que começam a ser somados depois de cinco anos.
 
A Procergs chamou no começo de março 45 novos colaboradores, aprovados em concursos realizados em 2009 e 2008.
 
Os profissionais de nível técnico nas tecnologias Java, Microsoft e Oracle PL/SQL recebem R$ 2,693.
 
Fontes de mercado apontam que profissionais com o perfil chamado pela Procergs podem ganhar até R$ 4 mil na iniciativa privada.