Paulo Fernando Schmitt, presidente da Powersoft

A Powersoft, de São Leopoldo, quer manter seu crescimento acelerado em 40%, ano a ano, até 2015.

Para impor e manter o fôlego, a empresa pretende contar com parcerias que elevem a alta de 10%, no faturamento de 2010, para 40% já em 2011, e pelos próximos quatro anos.

O primeiro acordo já está em projeto piloto, e envolve a solução de BI da australiana Yellowfin, que está sendo integrada em módulo para clientes da Powersoft que atuam no varejo utilizando a Powershop – solução da empresa leopoldense.

“Já projetamos 40% de faturamento só com a nossa própria base de clientes. A ideia é manter o ritmo até 2015”, disse Paulo Fernando Schmitt, presidente da Powersoft.

Schmitt não abriu os valores nominais de faturamento do ano passado.

Com sede em São Leopoldo, no Vale dos Sinos, a Powersoft tem 12 funcionários e conta com 220 clientes na sua carteira, incluindo franquias famosas como Paquetá e Mormai.

Atualmente, 10 clientes estão testando a solução integrada com o Yellowfin BI. A intenção é migrar toda a solução para o produto australiano.

“Ela tem grandes vantagens. Uma delas é acessar via dispositivos móveis, como iPhone, por exemplo, todas as informações da empresas geradas numa solução de business inteligence”, avalia Schmitt.

Além da Powersoft, a Yellowfin tem parcerias no Brasil com empresas como Totalbanco, Deak, CEOSoftware, BISoft, Soft Consultoria, CSI-RS e Ingres.

O Yellowfin BI é 100% web e inclui recursos de GIS/Geolocalização, Social BI, acesso Mobile e pronto para SaaS que pode ser integrado dentro de outros produtos como ERP, CRM e portais na internet.

No Brasil, o programa é distribuído pela Yellowfin Brazil, que também atente a América Latina. A empresa atua no mercado nacional há cerca de um ano.

Segundo a Arthur Jalmusny, diretor da Yellowfin Brazil, a ideia é manter parcerias para divulgar a ferramenta.

“O Yellowfin BI também pode ser vendido para o cliente final, mas estou mantendo o foco em parceria de negócios para integrar um módulo de BI dentro de outros produtos ou serviços na web”, explica Jalmusny.

Segundo o executivo, o produto é lider em embedded BI na Europa, Asia e Oceania com mais de 400 clientes, entre eles as empresas Sybase, Yahoo!, Symantec, BlackBerry e AT&T.