Tamanho da fonte: -A+A

A empresa especializada em serviços gerenciados de segurança (Managed Security Services Provider, ou MSSP) Arcon fechou 2010 com R$ 29,5 milhões de faturamento.

Conforme balanço divulgado nessa terça-feira, 01, e a expectativa para 2011 é crescer 10%.

Segundo o CEO da empresa, Marcelo Barcellos, o bom momento do setor beneficiou a companhia. Em vendas, por exemplo, a empresa teve uma média de crescimento de 250% em relação ao ano anterior.

“Atualmente existe um forte investimento das empresas no segmento de segurança da informação e este cenário é ideal para a expansão da Arcon”, diz Barcellos.

Em 2010, a empresa conquistou de 15 novos clientes, novas parcerias tecnológicas - como as realizadas com Blue Coat, Fortinet, McAfee e Trustwave - e a expansão da empresa que passou a atender clientes em todas as regiões do país.

Além disso, a Arcon contou com a chegada de Rogério Reis, novo sócio e diretor comercial, que comandou a expansão da empresa para as regiões Norte e Nordeste.

“Nossa atuação no Norte e Nordeste foi uma grata surpresa, tanto que estimávamos que a região correspondesse a 8% do faturamento em 2010, mas alcançamos 15%, que era a meta para este ano. Agora para 2011, pretendemos crescer até 18% na região”, afirma Barcellos.

As conquistas de 2010 e os novos serviços que serão disponibilizados pela empresa para atender as necessidades do mercado enfatizam o potencial da Arcon e abre espaço para seu crescimento em 2011.

A empresa espera conquistar mais 10 novos clientes, planeja abrir nova filial em Brasília ainda no primeiro semestre e investirá um total de R$ 10 milhões em P&D até 2012.

No mercado nacional desde 1995, a Arcon gerencia mais de 290 ativos de segurança em todo o país, os quais protegem mais de 125 mil estações de trabalho e servidores de clientes de diversas verticais, entre elas finanças, telecomunicações, governo, indústria, saúde, energia e educação.

O grupo tem unidades no Rio e em São Paulo.