A cidade de Blumenau. Foto: Marcelo Martins (http://www.blumenau.sc.gov.br)

A prefeitura de Blumenau projeta expandir o uso do GeneXus, plataforma com a qual o órgão estreou, em 2009, no desenvolvimento interno de aplicativos.

Nos próximos dois anos, o sistema da uruguaia Artech será a base para criação, pelo pessoal de programação da prefeitura catarinense, de um painel com todos os indicadores da gestão municipal, que será disponibilizado no portal do órgão.

Conforme o gerente de Sistemas de Informação da prefeitura, Júlio César Franciscatto, o GeneXus pode ser visto como um divisor de águas na administração da cidade.

“Antes do GeneXus, a administração não desenvolvia praticamente nada, usávamos pequenos aplicativos desenvolvidos geralmente em ASP”, conta ele. “Hoje, desenvolvemos nossos aplicativos, que possuem total integração com plataformas em .Net e Banco de Dados Oracle”, completa.

O gestor enfatiza, ainda, a facilidade de migração tecnológica como benefício trazido pelo GeneXus.

“É ele que mantém a integração entre os sistemas novos e o legado do município”, comenta Franciscatto.

Além disso, segundo ele a plataforma da Artech também garante agilidade no desenvolvimento, por oferecer uma interface intuitiva que permite que mesmo pessoas com baixo conhecimento em programação consigam produzir aplicativos.

Coro endossado pelo próprio presidente da Artech, Breogán Gonda, que é taxativo ao afirmar que o GeneXus pode aumentar em até duas mil vezes a capacidade de desenvolvimento de um profissional.

“O tradicional é planejar, desenhar, projetar e depois programar milhões de linhas de um sistema, tudo na mão. Nós não fazemos isso, oferecemos uma máquina de fazer sistemas”, explicou Gonda durante o Encontro GeneXus 2011, realizado em setembro, em Montevidéu.

Mais Artech...
Em Blumenau, o gabinete do Vice-Prefeito, todas as secretarias e setores como a Fundação Cultural da cidade também utilizam o GXportal, ferramenta da Artech para publicação de conteúdo online.

“Antes, o site era estático. O sistema auxilia na edição e permite que o usuário elabore a notícia e siga um fluxo até ser aprovada. Ela passa pela Secretaria Municipal de Comunicação e só então é publicada”, explica Elke Laurindo Novack, da diretoria de Sistemas e Gestão da prefeitura.

Antes da adoção do GXPortal, uma empresa terceirizada controlava este processo.

“Isso não permitia a manutenção por parte dos usuários. Agora, podemos modificar e inserir os conteúdos na hora que quisermos”, finaliza.

... e mais Blumenau
A cidade catarinense de aproximadamente 304 mil habitantes que, segundo dados da prefeitura, está entre as três regiões metropolitanas mais desenvolvidas do país, também está no foco da Artech quando o assunto é formação de mão de obra.

A empresa, que investe na qualificação de profissionais para uso de sua solução, mantém parceria com o Instituto Gene Blumenau, da FURB.

A lista de universidades e centros de formação também reúne outros nomes de Santa Catarina, como a Universidade do Vale do Itajaí, e do restante do país, como as gaúchas Unisc, Setrem, GX2 e BXT, e as paulistas Fatecs Três Rios e Praia Grande, Dash Tecnologia e Heurística.

A campinense Heutech completa a lista.

Além disso, a formação e certificação à distância incrementa os planos da Artech para crescer no Brasil, que é, ao lado do Japão, o maior mercado para a empresa uruguaia cuja atuação chega a mais de 60 países.