André Pivoto, diretor Administrativo da PromobFoto: Júlio Soares

A Procad, de Caxias do Sul, e a MCM, de Bento Gonçalves, fundiram suas operações criando a Promob Software Solutions.

O novo negócio nasce com 12.350 mil clientes e faturamento projetado em R$ 40 milhões para 2012.

A estratégia é ter um um plano integrado de desenvolvimento de produtos, somando a expertise da MCM em software para gestão de indústria moveleira com a da Procad em sistemas para projetos e gestão de loja.

Segundo André Pivoto, diretor Administrativo da Procad, a união gera a maior empresa do país em software para setor moveleiro, uma indústria que cerca de 15 mil empresas instaladas no Brasil (sendo 80,2% no Sul e Sudeste), receita de R$ 31,5 bilhões e exportações de US$ 770 milhões neste ano.

Os dados, do Instituto de Estudos e Marketing Industrial e do relatório Brasil Móveis 2011, motivam as perspectivas da nova companhia, que reúne operações no Brasil, Europa, EUA e México, somando 250 colaboradores.

Em termos de faturamento, a MCM não detalhou números, mas a Procad encerra 2011 na casa dos R$ 25 milhões.

A aliança contempla a criação da holding MBR Participações, controladora da marca Promob Software Solutions, que tem como sócios André Pivoto, Vanderlei Buffon,  Edson Witt  e Rosandré Giacomello,  da Procad, e Edgar Marconi  e Roberto Migliavacca, da MCM.

A negociação entre as partes não envolveu transação financeira e teve consultoria do Programa Softex de Alianças Empresariais (PAEMP), sob coordenação da Steffen&Pozzi.

De início, a estrutura administrativa das duas companhias permanece inalterada, com operações separadas, ao menos nos primeiros seis meses, e transição gradativa de marca: para adaptar o mercado, a MCM começa atuando como MCM Promob.

“No ano que vem, vamos estudar o redesenho da estrutura de gestão e a fixação da marca única. A ideia é que Caxias seja sede, com filial em Bento”, destaca Pivoto.

Quem é quem

A Procad tem sede em Caxias do Sul e filiais em Curitiba, São Paulo, Florianópolis e Belo Horizonte, além de unidades no México e EUA e revendas na Argentina, Espanha, Paraguai e Portugal.

Atualmente, a empresa opera 60 mil licenças de software distribuídas em 30 países, atendendo a uma carteira formada por cerca de 12 mil lojas de móveis, entre as quais estão marcas como Bomtempo, Dellano, Florense, Saccaro e Todeschini.

Já a MCM Sistema de Gestão é sediada em Bento Gonçalves, com frentes operacionais em Lagoa Vermelha, Flores da Cunha e São Paulo.

A companhia oferece software para pequenas e médias empresas moveleiras, como Nova Móbile, Tremarin e Bartzen Móveis; e tem produtos dedicados também aos setores metalúrgico, alimentício, plástico e químico.

A empresa  desenvolve integrações com aplicativos específicos de cada segmento, atendendo a cerca de seis mil usuários.