A Advanced IT modelou a base da dados de consultas analíticas e operacionais da Stemac S/A.

Com o projeto, a Stemac – fabricante de grupos geradores com matriz em Porto Alegre –, buscou otimizar suas ferramentas de Business Intelligence (BI).

Segundo a empresa, o projeto de desenvolvimento de Data Warehouse teve repercussão nos setores financeiro, contábil e de planejamento da companhia.

“Antes da modelagem de dados, as áreas financeira, contábil e de planejamento possuíam relatórios que acessavam diretamente o banco de dados do ERP”, relembra Sérgio Ucoski, gerente de TI da Stemac.

O controle era realizado através de arquivos em formato texto ou planilhas de cálculo, continua, tornado a geração de relatórios gerenciais trabalhosa e dependente de esforço humano.

“Também a mitigação de problemas de inconsistência de informações não era possível”, completa.

Após uma análise inicial, a Advanced IT planejou a construção de um Data Warehouse corporativo, composto de vários data marts (repositório de dados específicos de uma área) com a finalidade de apoiar o controle orçamentário das áreas envolvidas.

Primeiramente foram criados data marts para a área financeira, contábil e de planejamento.

No projeto, Data Warehouse corporativo recolhe uma cópia das informações dos repositórios através de diferentes processos e transações e as organiza em diferentes níveis ou camadas de dados.

A ideia é preparar tudo para para facilitar consultas, relatórios e análises.

De acordo com a empresa, o banco de dados gerado permitiu a análise e definição de atividades que diminuíssem o impacto ou a probabilidade de ocorrência de riscos relativos aos dados.

Foram utilizados o Oracle Warehouse Builder 11g (OWB) e o banco de dados Oracle Database Standard Edition 11g.

O primeiro, é usado principalmente para consolidar as fontes de dados heterogêneos em armazenamento de dados (data warehousing) e migrar dados de sistemas legados.

Conforme o executivo de TI, o potencial crescimento do Data Warehouse foi considerado como composição da arquitetura, assim como sua integração com os diversos data marts (incluindo projetos futuros já levantados).

“Assim, garantiu-se um longo ciclo de vida à nova estrutura gerada”, diz Ucoski.

A base de dados consolidada fornece informações de controle orçamentário (previsto x realizado) das áreas de negócio envolvidas com maior confiabilidade e menor tempo de resposta.

Através da solução implementada, a Stemac teve acesso a uma visão analítica das informações corporativas, apoiando tanto operacionalmente – com o controle orçamentário – quanto gerencialmente, respaldando o atingimento dos objetivos estratégicos da empresa.

Segundo Ucoski, as parcerias não devem parar por aí.

“Estamos satisfeitos com o trabalho entregue pela equipe de especialistas da Advanced IT e pretendemos dar continuidade ao mesmo, com a ampliação do DW para outras áreas de negócio da Stemac”,  encerra o gerente.

Fundada em 1951, a Stemac projeta e executa soluções em energia através de uma estrutura de atendimento que conta com 38 filiais distribuídas em todo o Brasil.

O grupo também mantém parcerias internacionais que garantem a qualidade e a permanente atualização tecnológica dos seus produtos. A empresa já comercializou mais de 60 mil grupos geradores e possui cerca de três mil funcionários.

A fabricante gaúcha fechou o ano de 2010 com faturamento recorde de R$ 890 milhões – 17% a mais que em 2009.