Anderson Lattuada

A porto-alegrense Ilegra acaba de inaugurar um escritório nos Estados Unidos.

A unidade é peça-chave da estratégia da empresa para se tornar um player de atuação global, o que já vem acontecendo: em 2010, cerca de 30% dos negócios da empresa vieram de contratos no exterior, onde a carteira traz nomes dos setores de informação e comunicação.

Um dos destaques da carteira é a Thomson Reuters, que usa o serviço de GCS - Gerência de Configuração de Software da Ilegra, focado na padronização de ambientes de desenvolvimento de software.

Além disso, a inauguração nos EUA também é parte dos planos da Ilegra para manter a média de cerca de 50% de crescimento geral ao ano, que, em 2010, rendeu um faturamento de R$ 12 milhões.

Para isso, o foco está em expandir a carteira de clientes em setores ainda não atendidos, como automobilístico e varejista, de logística e distribuição, energia, varejo e finanças.

Segundo o diretor Financeiro da companhia gaúcha, Anderson Lattuada, uma estratégia que poderá ser impulsionada pela própria localização da nova operação – a cidade de Maumee, em Ohio.

“É um mercado de alto potencial comprador”, explica o diretor. “Estamos muito próximos a uma boa parte da indústria automobilística americana e de grandes distribuidores varejistas”, complementa.

A unidade também vai expandir a oferta da empresa gaúcha no exterior, contando com serviços de desenvolvimento e DBA as a Service, por exemplo.

O escritório será comandado por James Petty, que colaborou no desenvolvimento do plano estratégico para entrada da Ilegra no mercado americano.

“Além disso, ele acompanhou por mais de um semestre, aqui no Brasil, os processos e a cultura organizacional de nossa empresa”, destaca Lattuada.

Além da sede porto-alegrense e do escritório recém inaugurado, a Ilegra também conta com unidade em São Paulo.

O portfólio da empresa conta, além das ofertas já mencionadas, com tecnologia SAP, focando a venda de soluções customizadas usando plataformas web e Netweaver, licenças de Business All in One e da solução para gestão da manutenção de plantas e-PM.

Gerência de banco de dados e aplicações, desenvolvimento e fábrica de teste complementam as ofertas da empresa, que atende a clientes como John Deere, MWM, TNT Mercúrio e Qualicorp, entre outros.