A Stefanini faturou  R$ 276 milhões no primeiro trimestre de 2011, resultado 68% maior que o obtido no mesmo período do ano passado.

Boa parte da expansão está associada às compras feitas nos últimos 12 meses.

No início de 2010, a Stefanini adquiriu a Sunrising no Brasil e desde então comprou  a TechTeam (dezembro de 2010), CXI (janeiro de 2011), ambas nos Estados Unidos, além da Informatica & Tecnologia (fevereiro de 2011), na Colômbia.

O presidente da companhia, Marco Stefanini, frisa que o crescimento orgânico sem as aquisições, foi de 20%.

“Isso significa que não deixamos de fazer a nossa lição de casa e mantivemos o nosso crescimento mesmo com as aquisições”, comemora Stefanini o executivo. “Nosso porte, abrangência geográfica e oferta de serviços estão em um patamar bastante superior ao da concorrência e isso justifica nosso crescimento”, agrega.

Em 2011 a consultoria tem a previsão de faturar R$ 1,25 bilhão e a expectativa é de que, em 2012, esse número chegue a R$ 1,5 bilhão.