O Google consolidou-se como o segundo navegador mais utilizado da internet.

Dados da empresa de pesquisas StatCounter apontam uma participação de  27,27% do browser, ante uma fatia de 14,85% em dezembro de 2010.

O Internet Explorer, por sua vez, registrou uma queda de participação, passando de 46,9% para 38,65% no mesmo intervalo. Da mesma forma, o Firefox perdeu a segunda posição para o Chrome, caindo de 30,76% para 25,27%.

Completando a lista, o Safari e o Opera terminaram 2011 com 6,08% e 1,98% de participação, respectivamente.

Nos dados referentes ao mercado brasileiro, o crescimento do Chrome foi mais expressivo.

O navegador saltou de uma participação de 22,13% em dezembro de 2010 para os atuais 41,31%. Ao mesmo tempo, o Internet Explorer caiu de 46,86% um ano antes para 33,34%, e o Firefox, recuou de 29,7% para 23,38%.