A Amadeus IT Holding, matriz do Amadeus IT Group, especializado em soluções de TI e distribuição para o mercado de viagens e turismo, encerrou 2010 com lucro ajustado de € 427,4 milhões, aumento de 24,3% sobre o ano anterior.

Já a receita da companhia ficou em € 2,636 bilhões, expansão de 10,6% sobre 2009.

O Ebitda foi superior a € 1,014 milhão, aumento de 14,2%, se comparado ao mesmo período de 2009, com margem de 37,6% (um ano antes, havia sido de 36,8%).

No ano passado, o market share da Amadeus no segmento de reservas de viagens ficou em 36,7%, garantindo liderança mundial em bookings feitos por agências de viagens, segundo comunicado divulgado à imprensa.

Já a unidade de Soluções de TI da companhia cresceu 17,7% ao longo do ano, assim como o número de passageiros embarcados, que teve aumento de 56,8%, passando de 237,5 milhões para 372,3 milhões.

Além disso, 94 companhias aéreas migraram para a plataforma Amadeus Altéa.

A Amadeus atende a uma carteira de clientes que inclui provedores de viagens (companhias aéreas, hotéis, locadoras de carros, empresas de transporte ferroviário, linhas de ferry-boat e outros), vendedores (agências de viagens e websites) e compradores (empresas e viajantes).

Em 2009, o grupo processou mais de 670 milhões de transações de viagens faturáveis.

A companhia tem sedes em Madri (administrativo e de marketing), Nice (desenvolvimento) e Erding (operações – centro de processamento de dados), além de escritórios regionais em Miami, Buenos Aires, Bangkok e Dubai.

Ainda, mantém operações com clientes por meio de 72 Organizações Comerciais Amadeus, que cobrem 195 países.

No Brasil, está desde 1999, com escritório próprio.