O BNDES aprovou financiamento de R$ 30,2 milhões para a Bematech, fornecedora de sistemas de automação comercial, realizar investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D), na melhoria de processos, na estrutura de vendas e na capacitação de recursos humanos.

Além disso, o projeto prevê a atualização e ampliação de linha de produtos da empresa e a modernização da infraestrutura e dos sistemas de gestão empresarial, informa o TI Inside.

Aprovado via Programa BNDES para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação (Prosoft-Empresa) e Linha de Inovação-Capital Inovador, o financiamento corresponde a cerca de 70% do investimento total do projeto da empresa, de R$ 43,3 milhões.

O montante, que terá prazo de pagamento de até 6,5 anos, é destinado a mais de 30 iniciativas da Bematech, entre eles o desenvolvimento de novas versões de software, focadas no pequeno e médio varejo, e de novos equipamentos, como impressoras térmicas e fiscais, além de balanças com impressoras etiquetadoras.

A companhia também investirá na compra de novos equipamentos para seus laboratórios.

Na década de 90, o BNDES adquiriu 20% do capital social da Bematech. Desde então, o banco vem realizado diversas operações de financiamento à companhia.

Atualmente, o banco detém 8% do capital social da empresa, por meio da BNDESpar.

No fim do ano passado, a Bematech tinha cerca de R$ 70 milhões em caixa, cifra que pode vir a ser utilizada na aquisição de companhias ou negócios que complementem a oferta de produtos e serviços da empresa no Brasil ou no exterior.