Tamanho da fonte: -A+A

A gaúcha Mega Embalagens comemora ganhos de produtividade e cumprimento de prazos de entregas com a integração do recém adquirido Preactor APS, da Accera, ao já utilizado ERP Cigam.

O Preactor APS é um sistema de planejamento que permite a geração de cenários alternativos de produção, gerindo mudanças de prioridades e prazos, entre outros quesitos.

Integrada ao software de gestão da Cigam, a ferramenta já trouxe ganhos de 70% a 100% no tempo de entrega da Mega, segundo seu gerente de Produção, Marcio Schwank.

“Já nossa produção teve redução de tempo média de 21%", comemora ele.
 
O diretor da canoense Accera, Cristiano Faé, explica que a integração do Preactor ao Cigam ampliou a visibilidade da Mega sobre sua própria fábrica, o que expandiu o controle da companhia sobre suas linhas produtivas.

“A empresa passou a manter um horizonte firme de programação de praticamente uma semana, e sempre que um pedido urgente chega, a equipe de PCP pode simular o impacto dessas alterações”, explica Faé.

Além disso, Schwan ressalta que o ERP Cigam integrou as demais tarefas administrativas da empresa em um ambiente único.

Com isso, a indústria de embalagens de plástico flexíveis para comidas, rações, cosméticos e bebidas sediada em Salvador do Sul registrou também economia, já que não precisou adquirir um novo software de gestão.

Este não foi o único investimento recente da Mega para melhorar seus processos produtivos: no último ano, a companhia destinou US$ 2,5 milhões a novos equipamentos.

A companhia gaúcha, que emprega 215 colaboradores, é certificada ISO 9001/2000.