A catarinense Dígitro lança o KWS, software que se integra ao Dígitro EasyCall Record e às soluções para segurança pública da companhia, permitindo a localização de palavras ou expressões em conteúdos de áudio previamente gravados.

O KWS é indicado para agilizar os serviços de busca e auditoria de interações de voz em gravações realizadas nas plataformas de call center.

Aplica-se também a áreas afins, como serviços de atendimento ao consumidor e ambientes de PABX corporativo.

Além disso, pode ser utilizado em serviços de atendimento ao público, seja por instituições privadas ou públicas, como em chamadas para 190, 192 e 193, suporte de operadoras e centrais de transações de e-commerce.

“O software facilita o trabalho de auditores ao dispor de um mecanismo de acesso às gravações a partir da digitação de palavras-chave”, explica Geraldo Faraco, presidente da Dígitro. “Seu uso melhora a segurança jurídica de empresas que necessitam de comprovação material para transações e relações com cliente”, completa.

A solução suporta a auditoria de milhares de gravações através de seu sistema de algoritmos, que correlaciona caracteres gráficos com sinais fonéticos em alta precisão.

Os sistemas de gravação da Dígitro suportam tanto os canais de telefonia convencional quanto via VoIP, sendo gerenciados via web.

Sediada em Florianópolis, a Dígitro atua há mais de 30 anos no mercado de telecomunicações.

Além do Brasil, a companhia também está presente em 11 países da América Latina e África, tendo aberto recentemente uma filial em Lima, no Peru.

O portfólio contempla soluções e serviços de infraestrutura de TI e aplicações de inteligência, atendendo a clientes que vão de operadoras de telefonia a órgãos de governo.