A Bamo, empresa fundada no Paraná com foco em infraestrutura de TI e networking, vem crescendo a um ritmo de 150% ao ano nos últimos três anos nas regiões Norte e Centro-Oeste.

A companhia atende às regiões onde atua desde 2001, quando abriu filial em Cuiabá. Hoje, com operação também em Porto Velho-RO, a empresa conta com uma carteira regional de mais de 10 clientes só em soluções de virtualização.

A operação regional é conduzida pelo paulista Mauricio Negrisoli, diretor de Tecnologia da Bamo.

“Levamos tecnologia de ponta e plataforma Citrix à região do Mato Grosso”, afirma Negrisoli. “O primeiro projeto de virtualização de servidor num cliente local foi muito bem aceito e, em menos de um ano, já tínhamos 10 clientes”, conta.

O escritório de Rondônia é voltado à infraestrutura de TI e, conforme o diretor, supriu uma carência na prestação de serviços de TI para a região Norte.

“A reclamação era sempre a mesma: as companhias locais trabalhavam com prestadores das regiões Sul e Sudeste e perdia-se muito tempo, dinheiro e produtividade na espera da chegada de um técnico, que tinha de se deslocar”, explica Negrisoli.

Em 2011, a Bamo pretende incrementar as operações no Norte e Centro-Oeste, treinando novos profissionais para atuar nas regiões, com foco no Acre, Rondônia e Amazonas.

Especializada em tecnologia Citrix, a empresa atua como revenda e integradora da marca.

A carteira de clientes da companhia inclui concessionárias, supermercados, empresas de agronegócio e desenvolvedoras de software, trazendo nomes como Agro Amazônia, Brasil Foods, Cargill e Usina Itapu Binacional.