A Blue Coat Systems, empresa de segurança e gerenciamento de redes, divulgou nesta semana uma lista com seis previsões para as redes corporativas em 2011.

O levantamento indica que o tráfego da web será 75% maior em relação ao ano anterior, perdendo somente para o de vídeos.

Além disso, mais empresas irão considerar as redes sociais como ferramenta de negócios.

Abaixo, confira as projeções da Bluecoat.


1 - Usando telefones celulares ou notebooks e websites para streaming de vídeo, os funcionários das empresas irão cada vez mais transmitir espontaneamente vídeos de reuniões internas ou participação da companhia em eventos.

Essas transmissões ao vivo poderão sobrecarregar links e gateways internet das redes WAN, causando a saturação da rede.


2 - Os vídeos de alta definição, ao vivo o ou sob demanda, se tornarão mais comuns na web, criando “inundações” capazes de derrubar links de redes WAN e gateways internet nas empresas; vídeos em 3D continuarão sendo novidade e não deverão causar nenhum impacto sobre as redes corporativas.


3 - O tráfego proveniente da web, incluindo texto, gráficos, áudio e vídeo, deverá representar mais de 75% do tráfego nas redes corporativas em 2011, contra 50% em 2010.


4 - As redes sociais estarão em segundo lugar no volume de tráfego web das redes corporativas, logo depois do tráfego de vídeo ao vivo ou sob demanda.


5 - Um maior número de empresas passará a considerar as redes sociais como ferramenta de negócios, passando a implementar políticas que permitam a comunicação através dessas redes, mas controlando o uso de jogos e outras aplicações das mídias sociais.


6 - As empresas deverão adotar mais rapidamente sistemas como SharePoint, para o gerenciamento de documentos “na nuvem”, afastando-se do tradicional compartilhamento de arquivos com base em servidores.

Nas redes WAN, ganha importância a aceleração e otimização do protocolo HTTP e perde importância o protocolo CIFS.