Datatel e SGHE se fusionam e geram gigante de TI para ensino superior

Datatel e SunGard Higher Education, norte-americanas especializadas em TI para gestão de ensino superior, acabam de se fusionar, resultando em uma operação de mais de três mil colaboradores com presença em 40 países.

A transação, de valor não divulgado, foi administrada pelo fundo de investimento Hellman & Friedman LLC, que comprou a SunGard HE da holding SunGard Data Systems, unindo a companhia à previamente adquirida Datatel.

Por enquanto, a fusão está sendo chamada de Datatel+SGHE, mas um nome para a companhia resultante será anunciado ainda neste semestre, garante John Speer, presidente e CEO da Datatel, que agora ocupa a presidência e diretoria executiva da nova empresa.

Já Ron Lang, ex-diretor-executivo da SunGard HE, é vice-presidente do conselho de administração da fusão.

De acordo com Lang, todos os colaboradores das duas companhias serão mantidos.

Foco na AL, mira no Brasil
Uma das regiões foco da SunGard HE é a América Latina – em especial, o Brasil.

No país desde 2007, a companhia atende a clientes como Anhembi Morumbi e Insper e, em 2009, divulgou a meta de liderar o mercado de gestão de ensino superior dentro de cinco anos, chegando a 50 clientes.

Para tanto, só no início de sua operação local, investiu mais de US$ 2 milhões por aqui. No entanto, a empresa não fez novas divulgações de suas atividades no país desde então.

A aposta se justifica no potencial do mercado brasileiro, que, segundo Lang, é formado por mais de duas mil instituições de ensino superior.

“Queremos firmar presença no segmento de grandes universidades, que é cerca de 8% do mercado, e também no de pequenas faculdades e institutos, que fica com 30%”, contou o então CEO da SunGard HE, na época.

A empresa oferece software de gestão, serviços de consultoria e gerenciamento de processos para o setor em que atua.

Globalmente, atende a mais de 1,6 mil clientes, que somam cerca de 10 milhões de alunos.

Só nos EUA, onde tem sede, 35% das maiores instituições de ensino superior são clientes da companhia.