Tamanho da fonte: -A+A

O ESICenter Brasil, centro de qualidade de software localizado na Unisinos, em São Leopoldo, participa de uma entidade internacional focada em investigação, desenvolvimento e inovação localizada no parque tecnológico Tecnalia, em Zamúdio, no norte da Espanha.

Junto com outras sete entidades localizadas no parque, atuantes em áreas de tecnologia de ponta de ramos como construção civil, robótica e química.  Juntas elas são responsáveis por empregar 1,3 mil pessoas e gerar um faturamento de mais de 110 milhões de euros.

O documento assinado no final de junho contém as bases, os princípios e os procedimentos da fusão, assim como as etapas e os prazos para torná-la efetiva, o que deverá ocorrer em dezembro de 2011.

“Através do ESICenter Brasil, a Unisinos passa a pertencer a essa nova comunidade, ampliando seu acesso a novas tecnologias”, comenta o pró-reitor de Administração da Unisinos e membro do conselho curador do ESI, Célio Wolfarth. “Há uma percepção muito boa do Brasil. Para o mercado de TI, somos a bola da vez”, resume ele.

Está localizada no Tecnalia a sede mundial do ESICenter, que além do Brasil está presente também nos Estados Unidos, Colômbia, Argentina, Egito, Bulgária e Austrália.