Uma falha no sistema operacional móvel da Apple, o iOS, foi descoberta nessa semana por hackers.

Segundo a agência Reuters, a brecha pode ser explorada por criminosos para controlar remotamente os aparelhos iPhone, iPad e iPod Touch.

O problema foi revelado nessa quarta-feira, 06, quando o site www.jailbreakme.com publicou códigos que podem ser usados por proprietários de produtos da Apple para modificar o sistema por meio de um processo conhecido como "jail breaking" (desbloqueio).

A ideia com o jail braking é baixar e rodar aplicativos não autorizados pela Apple e usar o iPhone em redes de operadoras que não têm parceria com a fabricante.

Conforme especialistas, cibercriminosos podem baixar esse código e usar engenharia reversa para analisá-lo e descobrir mais sobre seu funcionamento, e, assim, identificar falhas na segurança do iOS.

Um dos meios de infectar um aparelho com iOS seria um arquivo malicioso de PDF. Uma vez que o aparelho é infectado, dizem especialistas, os hackers poderiam "fazer o que quiserem", o que inclui roubo de senhas, documentos e emails.

A porta-voz da Apple Trudy Muller disse que a companhia está ciente do problema e trabalha para solucioná-lo.