Polícia Civil conta com capacitação em inteligência da Dígitro

Tamanho da fonte: -A+A

A Dígitro Tecnologia, desenvolvedora e integradora catarinense de soluções para Inteligência, criou uma unidade especializada na capacitação teórica e prática em inteligência, TI e telecomunicações.

Desde abril deste ano a Academia Dígitro oferece cursos montados de acordo com a necessidade do cliente.

O primeiro trabalho foi com a Academia da Polícia Civil (Acadepol) de Santa Catarina, no curso Análise Criminal, oferecido a 15 agentes.

“Atividades como o mapeamento criminal (geoprocessamento), estatística e análise de vínculos foram abordadas”, explica Eduardo Mattos, responsável pela Academia.

Segundo o Diretor da Acadepol, Delegado Rodrigo Raiser Schneider, com a qualificação profissional, os órgãos de segurança pública podem preparar-se melhor para trabalhar com ferramentas de análise criminal.

“Nós queremos estimular uma gestão policial pró-ativa. Com informações precisas, em tempo real, pela tela do computador, o Policial poderá se antecipar às situações”, observa o delegado.

A Dígitro atua a mais de 30 anos de mercado no setor de telecomunicações. Entre suas criações estão o sistema Teledespertador e a plataforma de Comunicação CT (Computer & Telephony), que integra telefone e computador em uma só máquina. O portfólio de soluções também inclui serviços de Infraestrutura de TI e aplicações de inteligência corporativa e investigativa.