O presidente-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, vendeu por US$ 1,3 bilhão cerca de 49 milhões de ações da Microsoft nesta sexta-feira, 05.

Com a operação, a participação do executivo no capital da companhia, presidida por ele desde 2000, caiu 12% para cerca de 3,6% do total. O executivo informou que pode vender  mais 75 milhões de ações, o que acusaria uma redução acumulada de 18%.

Ballmer afirmou que se trata de uma medida para diversificar seus investimentos e desmentiu os rumores de que a operação sinaliza desconfiança ou a preparação para a saída do comando da Microsoft.

"Ainda que seja uma questão de finanças pessoais, quero deixar claro para evitar confusões", disse Ballmer em comunicado no site da empresa. "Estou animado com nossos novos produtos e o potencial de nossa nova tecnologia".

As ações da Microsoft caíram 12% desde janeiro e hoje estão no mesmo patamar de 2002.